Ideias Estratégicas

Nesse texto, compartilho com vocês um pouco do meu processo de criação, e dos elementos que uso quando vou realizar um plano de ação. São as ferramentas mentais que utilizo para adequação dos elementos de trabalho que disponho.

Fábio Mesquita Torres

Todo Plano de Ação precisa ser munido de pontos que busquem o equilíbrio entre os elementos criativos e a capacidade real de concretização.

O bom estrategista é aquele que sabe trabalhar com a eficiência das armas que tem, e com isso, focar os resultados eficazes.

Gosto muito do conceito das “Ideias Estratégicas”, que para mim, são como células alimentadoras para o sucesso de um plano de ação estabelecido.

Todo plano de ação precisa das ideias estratégicas, que são os pequenos elementos que compõe o plano geral, e que, conduzem todo o planejamento em seu principio, meio e fim, apontando sempre para a eficácia.

As ideias estratégicas brotam do uso positivo da criatividade, que, minha opinião é, se a propaganda é a alma do negócio, a criatividade é o espírito da coisa.

Como nascem as ideias estratégicas?

As ideias estratégicas surgem do repertório intelectual do estrategista. É fruto do exercício comparativo, reflexivo e intuitivo do ser que busca e almeja a realização de uma ação.

Esse exercício é definido dentro de um grau de importância, e sua realização torna-se fator preponderante para o sucesso desejado.

Esse repertório é formado com base nas leituras, estudos, visitas em espaços criativos, como museus, cinemas, teatro, exposições, feiras, participações em congressos, simpósios e outros eventos de cunho informativo e educacional.

O surgimento intelectual de ideias estratégicas nasce de ambientes favoráveis à criação, assim como também, de um espaço teste para essas ideias.

Um elemento importante que facilita a produção de ideias estratégicas é o desenvolvimento de um ambiente de autonomia para a tomada de iniciativas.

E Claro, a pesquisa é o elemento alimentador para a composição de um conceito estratégico.

Toda ideia passa por três estágios de concepção (isso é uma ferramenta de trabalho que venho desenvolvendo ao logo da minha carreira).

Vejamos:

Estágio de Consolidação

Esse é o primeiro exercício intelectual onde a pesquisa, a comparação, a eliminação, e o uso constante da escrita buscam a construção dos conceitos da ideia.

Passando por dois crivos importantes – a análise da pertinência e a análise da coerência.

Estágio da Diversificação

É o exercício imaginário da lista de diversas formas de execução da ideia, o que, o como, o quando, o quanto, e o quem.

Isso serve para ampliar o campo de existência da ideia, e proporciona uma leitura clara da execução contínua.

Estágio da expansão

Após a listagem das diversas possibilidades de execução, o estágio de expansão, peneira e estabelece os passos da realização da ação em seu grau de importância.

Promovendo assim, o caráter de perpetuação da ideia em estágios de maturação, desenvolvimento e amadurecimento do plano.

Uma coisa o estrategista irá perceber que, a ideia estratégica irá impor um senso de velocidade para suas concretizações, e o que o estrategista não pode esquecer é de estabelecer os mecanismos de mensuração.

Toda ideia precisa ser mensurada para avaliação do sucesso, ou do fracasso, se merece ser continuada, amadurecida ou substituída.

Boas Ideias e bom trabalho!

Texto de Fábio Mesquita Torres

 

 

 

 

 

2 comentários em “Ideias Estratégicas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s